Cesto de documentos

Páginas guardadas

Documentos guardados

Note que esta informação é guardada num cookie. Caso o seu navegador elimine os cookies após uma sessão, a informação será perdida.

Governança, risco e conformidade

Na DKSH, a governança, risco e conformidade são executas como disciplinas multicamadas, com o objetivo de assegurar um comportamento responsável em todo o Grupo, assim como para proteger o seu negócio e os nossos funcionários.

DKSH employees at work

Governança e conformidade – assegurar um comportamento responsável
Estamos firmemente comprometidos com um comportamento legal e ético e com a conformidade com as leis, regulamentos e padrões internacionais. Desde 2008, a DKSH tem vindo a trabalhar num departamento de conformidade centralizada orientada para a consciencialização e monitorização do comportamento adequado por parte de todo o nosso pessoal.

Damos grande ênfase à adesão às nossas políticas de conformidade centrais, tais como o Código de Conduta, que define os padrões de como fazemos negócio.

O nosso negócio opera segundo uma estrutura clara de Unidades de Negócio que atravessa as fronteiras nacionais. Devido à diversidade do nosso negócio, as atividades de conformidade relacionadas com as necessidades operacionais de negócio específicas são tratadas de uma forma descentralizada pelo especialista do departamento desse negócio, como os Assuntos Regulamentares na Unidade de Negócio Healthcare.

Para os assuntos de governança e conformidade, contudo, a responsabilidade é do Responsável pela Gestão Nacional e das Equipas de Gestão Nacionais. Existem depositários para a execução de políticas empresariais e linhas de orientação para assegurar a conformidade com a leis e regulamentos locais.

Alguns dos nossos negócios estão mais expostos aos riscos geralmente associados com o facto de sermos um prestador de serviços. Seguindo uma abordagem baseada no risco, lançámos uma política de Anti-suborno e Corrupção em 2012, apoiada por programas de formação globais e locais. Também foi implementada uma política abrangente especificamente para os intermediários de vendas, assim como para os nossos especialistas que lidam com profissionais de cuidados de saúde.

Gestão de risco – manter os seus negócios e o nosso pessoal seguro
A nossa função de gestão de risco centralizada apoia ativamente a estratégia da DKSH para um crescimento sustentável e rentável, concentrando-se em riscos estratégicos chave para o Grupo, as Unidades de Negócio e os países. Estes riscos são revistos periodicamente em conjunto com a Comissão Executiva e reportados ao Conselho Fiscal do Conselho de Administração. Adicionalmente, os processos de gestão de risco têm sido implementados com todas as organizações nacionais mais importantes, com incidência nas nossas fortes funções locais que permitem e apoiam os vários negócios num país.

Os riscos são avaliados, monitorizados e mitigados de forma descentralizada onde são originados, quer sejam diretamente no negócio ou nos vários departamentos, tais como, Finanças, Cadeia de Fornecimento, TI, RH, Jurídico e Conformidade ou Comunicações.

No atual mundo interconectado e interdependente, ruturas na cadeia de fornecimento representam um risco enorme para os negócios. De uma perspetiva empresarial, nós abordamos estes risco estabelecendo um planeamento da continuidade do negócio e uma gestão de crises ao nível do Grupo. Como se verificou em anos anteriores, o modelo de negócio da DKSH mostrou ser altamente sólido, mesmo no caso de uma catástrofe natural – como a extensa inundação na Tailândia em 2011 – graças à nossa grande diversificação e gestão de risco diligente.

Para além disso, a DKSH continua a transferir riscos ao assegurar cobertura de segura adequada. Presentemente, existem programas de seguro geridos e supervisionados de forma central para proteger o nosso património contra perdas significantes e efeitos negativos devido à interrupção do nosso negócio.

Governança corporativa
Como uma empresa internacional a operar em 36 países, o Conselho de Administração da DKSH comprometeu-se em manter os mais elevados padrões de integridade e transparência na sua governança. Neste ponto, é orientado pelo “Código Suíço de Boas Práticas” e a “Diretiva sobre Informações Relacionadas com a Governança Corporativa” (DCG) pela SIX Swiss Exchange.

A Governança Corporativa descreve como a nossa gestão está organizada e como é posta em prática. O seu objetivo final é guiar-nos para o sucesso protegendo os interesses dos nossos intervenientes criando, ao mesmo tempo, valor para todos os intervenientes. Uma boa Governança Corporativa procura equilibrar o empreendedorismo, controlo e transparência, ao mesmo tempo que apoio a empresa com processos de tomada de decisão eficazes.