Document Basket

Saved pages

Saved documents

Please note: This information is saved in a cookie. In case your browser deletes cookies after a session, the information will be lost.

Apoiar as comunidades locais

DKSH corporate social responsibility

Ao longo da nossa história, o facto de sermos um cidadão empresarial responsável tem sido a base do nosso sucesso. Na DKSH fazemos negócio de forma que lucrativa enquanto cuidamos e temos um impacto positivo na sociedade.

Como estamos profundamente enraizados nas comunidades que servimos, envolvemo-nos ativamente numa grande variedade de iniciativas locais. A DKSH incentiva e autoriza as entidades locais a iniciar as suas próprias iniciativas, assim como colaborar em iniciativas regionais ou ao nível do Grupo, que possam centrar-se no desenvolvimento de infraestruturas, recuperação de desastres, programas ambientais, projetos de educação ou filantropia.

Juntamente com a expansão do nosso negócio, contribuímos para o desenvolvimento de infraestruturas e para a promoção do desenvolvimento económico por toda a Ásia. Como uma empresa com objetivos a longo prazo, oferecemos um emprego seguro e estabilidade às comunidades locais. Connosco, os talentos locais na Ásia recebem formação, conhecimentos e oportunidades de evoluir num ambiente internacional. A nossa rede de distribuição capilar melhora a qualidade de vida de milhares de pessoas através da distribuição de produtos de bens de consumo e cuidados de saúde que vão de encontro às suas necessidades.

Em 2014, continuámos a demonstrar este compromisso com as comunidades locais através de iniciativas novas e existentes. Esses projetos incluíram a doação de presentes de Natal a crianças desfavorecidas na Formosa, a promoção de um dia de rugby para as crianças desfavorecidas e com deficiência no Camboja, preparação e distribuição para os necessitados em Hong Kong e a organização da corrida beneficente em 2014 do Fantree Club-Alladdin na Malásia, recolhendo fundos para habitação social para idosos e crianças desprivilegiadas.

  • DKSH supports Right to Play

    Dar às crianças o Direito a Brincar

    Desde 2006, a DKSH tem sido um ávido apoiante da organização global Right to Play. A Right to Play utiliza o poder transformador da brincadeira para educar e habilitar às crianças e jovens. A DKSH apoia programas que a organização dirige na Tailândia cujo objetivo é o desenvolvimento holístico de crianças e jovens em escolas selecionadas, centros de juventude e comunidades envolventes através do desporto e de atividades de aprendizagem baseadas nas brincadeiras. Este programa é levado a cabo em colaboração com o Ministério da Educação e o Ministério da Justiça tailandeses.

  • DKSH-CCC funfair

    Proporcionar cuidados médicos a quem precisa

    O Centro de Apoio ao Cliente (CCC) da DKSH na Tailândia organizou uma atividade designada “DKSH-CCC funfair”. Os fundos angariados durante a atividade foram doados à Princess Mother's Medical Volunteer Foundation para a aquisição de equipamento médico. Esta organização, fundada sob o real apadrinhamento da Princesa Mãe, é o maior serviço médico voluntário a funcionar na Tailândia. Fundado em 1969, a Fundação foi pioneira no desenvolvimento de cuidados médicos gratuitos para pessoas em áreas remotas. Atualmente, a Fundação tem uma rede de equipas médicas a atuar em mais de 50 províncias no país.

  • Tokyo skyscraper

    Ajudar as vítimas do sismo no Japão

    A Fantree Scholarship foi fundada em resposta do grande sismo e tsunami no Japão em Março de 2011 e é concedido a estudantes que ficaram órfãos devido ao desastre, que necessitam de assistência para continuar a sua educação. O fundo teve a contribuição dos parceiros de negócio e funcionários em todo o mundo, tendo todas as doações sido igualadas pelo Grupo DKSH. Esta bolsa de estudo ajuda a apoiar financeiramente a educação dos estudantes sem qualquer obrigação por um período máximo de sete anos até à sua graduação numa universidade. Até à data, sete alunos entraram com êxito na universidade e três encontram-se atualmente no ensino secundário.